Gambira – Dicas de Compras, Cursos, Concursos e muito mais.

Problemas Windows 7 – Como Resolver Com Windows Seven – Dicas e Truques

Por com 0 Comentário

Confira sete dicas para se dar bem com o Windows Seven e não tenha mais problemas com o Windows Seven...

Problemas Windows 7 – Como Resolver Com Windows Seven – Dicas e Truques


Confira sete dicas para se dar bem com o Windows Seven:

1 – Como gerenciar as janelas:

O Windows Seven implementou algumas mudanças com relação ao gerenciamento de janelas, O sistema continua basicamente o mesmo, mas o Windows Seven está facilitando a vida de quem precisa arrastar as janelas de um lado para o outro ou quem quer trabalhar em mais de um programa utilizando mais de uma janela na tela. Confira então alguns atalhos para ajudar nesta função:

WinKey + Seta para esquerda e WinKey + Seta para direita = gruda

WinKey + Seta para cima e WinKey + Seta para baixo = maximiza e restaura/minimiza

WinKey + Shift + Seta para cima e WinKey + Shift + Seta para baixo = maximiza verticalmente

A função de grudar a janela em cada um dos lados é muito valiosa em monitores widescreen: faz com que o velho jeito do Windows de organizá-las manualmente pelos menus de contexto torne-se bastante “doloroso”.

2 – Configuração para Projetores de Imagem

Uma das grandes e históricas brigas dos usuários de Windows sempre foi com os projetores de imagem. Sempre foi muito complicado conseguir adaptar com qualidade e perfeição a imagem que deveria estar na tela do seu computador mas que foi projetada em uma tela maior através de um destes aparelhos de projeção de imagem. O Windows Seven facilitou a vida dos usuários deste tipo de equipamento: Basta pressionar as teclas WinKey + P, e você verá uma janela pop-up.

Use as setas (ou continue pressionando WinKey + P) para alternar entre os modos de exibição “clonado” (imagem exibida no monitor e projetor ou monitor externo), “estendido” (utiliza o display da máquina juntamente com o externo) ou “apenas externo“. Você  também pode acessar a aplicação pelo displayswitch.exe (busque no menu Iniciar).

3 – Solucionando o problema de transparência

O efeito de transparência das janelas do Windows Seven é muito legal, mas pode atrapalhar algumas pessoas já que as janelas secundárias continuam aparecendo mesmo com o trabalho na janela principal sendo executado. Para resolver este problema, Basta apertar WinKey + Home para minimizar todas as janelas não ativas ao fundo, preservando apenas a janela que você está usando atualmente na mesma posição. Para voltar como estava, pressione a combinação de teclas novamente para restaurar as janelas que estavam ao fundo para seus locais originais.

4 – Barra de tarefas

A barra de tarefas do Windows Seven possui a particularidade de não ser fixa.Os usuários que definem quais programas devem estar lá e também existe a possibilidade de acessar os programas diretamente do teclado do computador. pressionando as teclas WinKey + 1, WinKey + 2, WinKey + 3, etc.

5 – Jump Lists

Muito se falou das jump lists, recurso do Windows 7 que permite que aplicativos como o Windows Live Messenger ofereçam uma lista de tarefas úteis. Essas jump lists podem ser acessadas clicando-se com o botão direito na barra de tarefas. Mas existe outra maneira de acessar esse recurso: clique com o botão esquerdo e arraste para cima. Isso foi especialmente feito para dispositivos touchscreen, como o computador tudo-em-um HP Touchsmart.

6 – Aero Peek

Um recurso que passa despercebido pela maioria dos usuários iniciantes do Windows Seven, o Aero Peek. Ele permite que você veja gadgets ou ícones em seu desktop (algo como o Mostrar área de trabalho). Existe um atalho de teclado que faz a mesma coisa: WinKey + Barra de espaço.

7 – Andando pela Barra de Tarefas

Outro atalho “secreto” do Windows: pressione WinKey+T para mover o foco para a barra de tarefas. Quando o foco estiver nela, basta usar as setas do teclado para selecionar uma janela em particular ou um grupo de janelas e pressionar Enter para executar ou ativar. Você pode sair do modo pela tecla Esc. Eu não sei exatamente o motivo disso acontecer, mas presumo que o atalho foi introduzido por questões de acessibilidade. No entanto, ele é igualmente útil para usuários avançados – outro motivo para que os desenvolvedores tenham cuidados para garantir que seu código é acessível.

Assinar

Gostou desse artigo? Então se inscreva e receba várias novidades.

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Top